Tutorial

Como definir Métricas e KPIs para avaliar o sucesso do seu projeto?

POR
Célio Domingues

Concorda comigo que, em meio à agitação do dia a dia nas empresas, tomar decisões embasadas e direcionadas para o sucesso de qualquer projeto é essencial?

Afinal, não é apenas sobre cruzar a linha de chegada, mas também sobre como percorrer o caminho, não é mesmo?

E uma das melhores maneiras de garantir que estamos no caminho certo é definindo métricas e KPIs (Indicadores-Chave de Desempenho) de maneira eficaz.

No mundo da análise de dados, que está em constante mudança, métricas e KPIs são como o pão e a manteiga de um analista de dados.

Mas, Célio, qual é a diferença entre métricas e KPIs?  

Simples, meu caro leitor!

Métricas são dados quantificáveis que medem aspectos específicos de um projeto, como tempo, qualidade, custo e satisfação do cliente.

KPIs, por outro lado, são métricas cuidadosamente selecionadas que se alinham diretamente aos objetivos estratégicos e servem como um termômetro para o sucesso da estratégia de negócio.

Para um analista de dados, essas mensurações são vitais na avaliação da performance, fornecendo insights que podem fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Então, como aplicamos essas métricas e KPIs de maneira eficaz em áreas de negócio?

É o que vamos ver a seguir!

Exemplo de Métricas e KPIs em Marketing

A diferenciação entre métricas e KPIs é essencial para a tomada de decisões estratégicas. 

Em Marketing, métricas como "Número de Visitantes do Site" ou "Taxa de Abertura de E-mails", oferecem um panorama geral das atividades, sem, contudo, proporcionar uma direção clara para ações futuras. 

Por outro lado, os KPIs, incluindo "Taxa de Conversão" e "Custo de Aquisição de Cliente (CAC)", estão mais relacionados aos objetivos estratégicos da empresa (suas metas corporativas).

Em resumo, enquanto as métricas traçam um quadro geral, os KPIs aprofundam-se nos aspectos cruciais para o sucesso da estratégia da empresa.

As 6 etapas para a elaboração de eficientes KPIs

Agora que você conhece a diferença entre métricas e KPI's, quero compartilhar com você 6 passos para a construção de bons KPI's. Veja:

1. Inicie com o planejamento estratégico: A construção de bons KPIs deve começar com a definição clara da estratégia da empresa. Sem um entendimento sólido dos objetivos, você corre o risco de criar uma infinidade de métricas que podem ser irrelevantes para o que a empresa realmente quer alcançar.

2. Identifique as questões que necessitam de respostas: Quando você determina as perguntas que precisam ser respondidas, você consegue selecionar métricas que não apenas estejam alinhadas com a estratégia, mas também que guiem efetivamente as decisões.

3. Analise a disponibilidade e necessidade de dados: Neste estágio, a sua atenção deve se voltar para a coleta dos dados necessários para construir as métricas e KPIs. Você precisa avaliar se os dados existem, se podem ser coletados e se é possível criar uma representação indireta deles, considerando também os custos envolvidos.

4. Examine benchmarks e estabeleça metas adequadas: Com a análise dos dados, é possível entender o posicionamento da empresa em relação a padrões de mercado e definir metas que sejam específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com prazos bem definidos (Uma forma de definir boas metas é através da Metodologia SMART).

5. Nomeie responsáveis e compartilhe o acesso: Concorda que um KPI sem alguém responsável por ele não tem nenhuma eficácia? Por isso é importante definir quem irá analisar, interpretar e criar planos de ação com base nos KPIs, além de garantir que eles sejam compreendidos por todos na organização. Os KPIs devem ser parte integrante do processo de decisão, permitindo que cada colaborador entenda como suas ações influenciam os resultados.

6. Reavalie seus KPIs regularmente: Um KPI que não auxilia na tomada de decisões melhores não é mais do que um ruído. Como analista, você precisa revisar continuamente as métricas para assegurar que elas sejam realmente úteis e que o tempo da equipe não seja desperdiçado coletando informações desnecessárias.

Os principais erros na construção de KPI's

Vamos examinar alguns erros comuns que podem estar atrapalhando seu processo. Corrigi-los pode ser mais fácil do que você pensa.

1. Não vincular KPIs à sua estratégia: Os KPIs estão realmente alinhados com a estratégia do seu negócio? Sem esse alinhamento, você pode estar perdendo tempo e recursos coletando informações que não trazem benefícios reais. 

2. Medir tudo o que é fácil de medir: Você está medindo tudo só porque é fácil? Isso pode gerar uma sobrecarga de informações que não necessariamente contribui para os objetivos de negócios. 

3. Conectando KPIs a incentivos: Você sabia que vincular KPIs a incentivos pode torná-los um alvo em vez de uma ferramenta de orientação? Pode ser um erro sério que desvia o foco do que deveria ser uma orientação objetiva. 

4. Não analisar seus KPIs para extrair insights: Você está analisando profundamente seus KPIs? Sem uma análise crítica, você pode estar perdendo insights valiosos que poderiam impulsionar seu negócio. Não seria ótimo transformar esses dados em ações concretas?

5. Não desafiar e atualizar seus KPIs: Os KPIs são estáticos ou você os revisa regularmente? Sem atualizações e desafios constantes, os KPIs podem se tornar um mero exercício de checklist. 

Conclusão

Os KPIs são mais do que números em uma tela. Eles são uma parte vital de como sua empresa entende e reage ao desempenho. 

Você está pronto para evitar esses erros comuns e tornar seus KPIs uma ferramenta de navegação verdadeiramente eficaz? Com essas considerações em mente, você está no caminho certo para o sucesso!

Se quiser saber mais sobre o tema, recomendo que assista a live #25 da Preditiva, onde o Vini compartilha ainda mais detalhes desse processo de construção. O link está abaixo.

Até a próxima :)

Célio Domingues
Licenciado em Português pela UnB, possui MBA em Negócios e Marketing Internacionais pela Abracomex e é certificado em Data Protection Officer - DPO, pela TI.Exames. Célio é Analista de Dados e adora criar conteúdos de tecnologia e tudo relacionado ao universo analítico.
Continue lendo...
Análise de Dados no E-commerce
LER MAIS
Cientista de Dados: o que faz a profissão?
LER MAIS
Big Data no dia a dia
LER MAIS
Ciência de Dados: conheça a história da área
LER MAIS
Newsletter Preditiva
Inscreva-se e fique por dentro de tudo que acontece no mercado de análise de dados
Obrigado! Aguarde nossas notícias no e-mail escolhido.
Ops. Alguma coisa deu errado.