Carreira

3 dicas de como começar uma carreira em Dados

POR
Fernando Itano

Deseja começar uma carreira em dados? Por diferentes razões, essa área tem uma grande perspectiva de crescimento, não só no presente, como já acontece, mas também para o futuro e, além disso, trata-se de um segmento fundamental para empresas dos mais variados nichos e portes, pois o profissional especialista em dados é fundamental na tomada de decisões.

Vale destacar que atualmente estamos na era da informação, nesse cenário, é natural que as empresas estejam interessadas em encontrar profissionais qualificados para coletar e analisar dados em todas as etapas dos processos organizacionais. Podemos dizer, portanto, que a demanda na área de dados tende a aumentar indefinidamente.

Pensando na importância desse tema, neste conteúdo explicaremos detalhadamente sobre as principais profissões relacionadas à área de Dados, e forneceremos dicas que ajudarão você a iniciar a sua carreira na área. Boa leitura!

Quais são as profissões relacionadas a área de Dados?

A área de Dados é bastante abrangente e, por esse motivo, tem diversas profissões. Entre as principais estão:

  • Engenheiros de Dados: são responsáveis por extrair os dados dos sistemas, realizar a devida padronização e transformação e, por fim, carregar os dados padronizados em um repositório central da empresa (geralmente um DW - Data Warehouse ou um DL - Data Lake).
  • Analistas de Dados: Os analistas extraem os dados do repositório de dados para utilizá-los no processo de resolução de problemas de negócio. Utilizam técnicas estatísticas fundamentais como Estatística Descritiva, Probabilidades e Inferência Estatística com algum framework de projetos de dados, como o CRISP-DM. Como ferramentas, utilizam principalmente o Microsoft Excel, SQL, Tableau e Power BI. Em alguns momentos, uma linguagem de programação como o R ou Python também pode ser utilizada.
  • Cientistas de Dados: são a última camada de análise das áreas de dados. Devem conhecer as mesmas técnicas estatísticas e ferramentas que os analistas com o adicional de conhecer técnicas avançadas de estatística (modelagem estatística) e algoritmos computacionais (machine learning).
  • Engenheiro de Machine Learning: são profissionais com um conhecimento de programação e tecnologias de Cloud Computing bem elevado. Esses engenheiros (é somente o nome do cargo, não precisa ser formado em engenharia) são responsáveis por colocar em produção os modelos e algoritmos criados pelos Cientistas de Dados. São profissionais importantes, pois muitos Cientistas de Dados são mais especializados na Análise Estatística e menos na parte computacional cada vez mais importante nas empresas.

Como começar uma carreira em dados?

Começar uma carreira em dados não é uma tarefa fácil, pois para assegurar o sucesso nessa empreitada é necessário estar atento em relação a diferentes questões. 

Por esse motivo, vamos fornecer dicas valiosas que vão te ajudar a maximizar o sucesso nessa área. Veja:

1. Desenvolva e aprimore habilidades relacionadas com o pensamento crítico / analítico

Para se dar bem em uma carreira de Dados é importante levantar hipóteses para todas as situações, ser questionador, e buscar constantemente os fatos (a verdade) por trás das situações. 

Isso é o que chamamos de "Pensamento Crítico" ou "Pensamento Analítico". Em um mundo digital em que todos têm voz, saber distinguir boas informações de informações ruins (fake news) é uma habilidade muito relevante. Para as carreiras em Dados não é diferente.

2. Não tenha medo de trabalhar com números

Trabalhar com números e saber lidar com eles é fundamental, pois você precisará analisar uma grande quantidade de informações e utilizar técnicas estatísticas com objetivo de identificar padrões e orientar as empresas sobre as melhores decisões a serem tomadas.

Diante de todo esse contexto podemos dizer que as habilidades em matemática são muito importantes para que você tenha sucesso na carreira de Dados.

Uma mentalidade muito comum até hoje é a de que "profissionais de humanas" não são bons em matemática. Continuar pensando assim é um erro tremendo, pois já estamos na Revolução Industrial 4.0 e ter habilidades em Dados não se trata mais de uma possibilidade, mas uma exigência cada vez mais para todos os profissionais.

3. Faça cursos livres voltados para a área

Muitos pensam que uma graduação ou mesmo uma pós graduação irá preparar os profissionais para a busca de vagas. Esse é um erro muito comum. Acontece que os cursos longos tradicionais estão muito aquém do dinamismo do mercado e não possibilitam que o aluno aprenda na prática. 

Fuja de MBA's e Pós Graduações que usam e abusam das palavras da moda em Dados (Ex: Machine Learning, Deep Learning, Inteligência Artificial e correlatos). 

Busque formações em que a prática da análise e mentalidade analítica seja o escopo principal e saiba que você precisará estudar bastante. Nesta linha, a Preditiva Analytics é a melhor opção para todo profissional que deseja entrar de forma segura no mercado de Dados.

Começar uma carreira em Dados é uma decisão muito importante e que deve ser planejada para que você tenha sucesso no segmento.. Com um bom planejamento, torna-se possível ser um profissional diferenciado e encontrar ótimas oportunidades no mercado, pois, de fato, a área é extremamente promissora. Dica: Busque a palavra "Dados" no Linkedin e veja a quantidade de vagas esperando profissionais como você.

Você gostou das nossas dicas sobre como começar uma carreira em dados? Siga-nos nas redes sociais e receba mais conteúdos relevantes sobre o tema. Estamos no Facebook e no LinkedIn.

Fernando Itano
Bacharel em Estatística pelo IME-USP, com Especialização em Inteligência Artificial, Machine Learning, Redes Neurais e Algoritmos Genéticos pela POLI-USP. Possui mais de 16 anos de experiência desenvolvendo modelos para as áreas de Riscos, Jurídico, Prevenção a Fraudes, CRM e outros. Atuou também como Gerente de Ciência de Dados com foco em Inovação, MLOps e Governança de modelos.
Continue lendo...
Como definir Métricas e KPIs para avaliar o sucesso do seu projeto?
LER MAIS
Qual é a diferença entre Análise Descritiva, Análise Preditiva e Análise Prescritiva?
LER MAIS
O que é Análise de Dados e como ela pode ajudar na sua carreira?
LER MAIS
Atuais tendências em Análise de Dados: O que o futuro reserva?
LER MAIS
Newsletter Preditiva
Inscreva-se e fique por dentro de tudo que acontece no mercado de análise de dados
Obrigado! Aguarde nossas notícias no e-mail escolhido.
Ops. Alguma coisa deu errado.